sexta-feira, 22 de junho de 2012

Vamos falar de perfil? Quem pode ser Green Belt?


Tenho falado muito sobre gestão e ferramentas... mas e as pessoas???

Afinal, são elas que fazem a gestão e usam as ferramentas.
Então, qual seria o perfil adequado de um Green Belt?
Antes de falar para vocês quem pode ser um Green Belt, acho necessário retomar a ideia de o que é e o que faz um profissional com essa qualificação.
Os Green Belts são a base da pirâmide de gestão Lean Seis Sigma.

Eles são funcionários de toda a organização que dedicam parte de seu tempo aos projetos Lean Seis Sigma. Envolvem-se em projetos diretamente relacionados ao seu dia a dia de trabalho. Suas tarefas básicas incluem a coleta de dados e o desenvolvimento de experimentos, além da liderança de pequenos projetos de melhoria em suas respectivas áreas de atuação.
Além deles necessitamos de uma equipe de Black BeltsMaster Black BeltsChampions  e Sponsors para garantirmos a perfeita execução dos projetos.

Agora que já entendemos o que é e o que faz, vamos citar algumas características pessoais que fazem a diferença para um Green Belt: ser pró-ativo, organizado em suas atividades, saber lidar com dificuldades, expressar bem suas idéias, além de ter conhecimento profundo do processo no qual trabalha.

Identificou-se com as qualidades acima? Ótimo! Você tem um grande potencial para ser Green Belt.
Mas em quais carreiras essa qualificação melhor se encaixa? Eu diria que tanto para profissionais quanto para estudantes das áreas administrativas, como compras, marketing, finanças, etc.; engenheiros de produto, processos e qualidade; além de técnicos de todas as áreas que desejam conhecer e utilizar a metodologia para melhorar seus processos.
Entendo que o conhecimento do Lean Seis Sigma, para estes profissionais, deixou de ser um diferencial e passou a ser algo quase  obrigatório nesse momento econômico que vivemos...
Quem quer ser um Green Belt?
Abraço e até semana que vem!



Foto da turma de Green Belts - São José do Rio Preto - Dez 2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário