segunda-feira, 14 de março de 2016

Falando sobre hotelaria e DMAIC






Boa tarde!

Semana para lá de especial... E um questionamento sobre a aplicação da metodologia no ramo de hotelaria me fez pensar nas oportunidades de melhoria e padronização possível... E quanto poderíamos melhorar financeiramente esse negócio.

Um hotel ou pousada tem vários processos que se assemelham a uma fábrica. Temos as compras, logística, RH, manutenção, produção diária (arrumação 😊 e atendimento), equipamentos...

Eu acredito que padronização facilita o controle financeiro... e com indicadores fortes a gestão fica mais objetiva.

O ciclo do DMAIC é robusto e a coleta de dados e sua análise é o coração da metodologia... E devemos buscar métricas que estejam relacionadas aos requisitos dos nossos clientes.

No primeiro momento devemos entender a visão do nosso cliente, o que é importante,  o que incomoda mais quando não acontece. Cada indicador envolvido deve ser esclarecido por definições operacionais claras e simples, e assim, ajudam a assegurar a consistência no processo de medição.

Deming (W.Edwards Deming), escreve em "Out of the Crisis - Não há uma definição certa ou errada; há uma que é adequada para sua finalidade", e nossa finalidade é um serviço de qualidade com preço adequado.

Com esse pensamento podemos entender que a metodologia é aplicável em todas as áreas de negócios, e que é a nossa criatividade aliada a uma boa capacitação que vai nos trazer resultados confiáveis e positivos.

Será que meu hotel ou pousada será mais produtivo com o DMAIC? Tenho certeza que sim... E vamos usar nosso conhecimento e a estatística para saber quando teremos que investir na nova roupa de cama ou em um banho mais legal?

Um universo de oportunidades... Vamos  a elas?


Até breve!

Nenhum comentário:

Postar um comentário