quinta-feira, 21 de maio de 2015

Housekeeping, Liderança e Valor




O que liderança tem a ver com valor e “housekeeping”?

Toda liderança é facilitada e organizada quando possui indicadores claros e de fácil medição e uma ordenação clara, com gestão visual adequada e o programa 5S gera bons indicadores de limpeza, organização e companheirismo que não podemos deixar de achar importantes.

A origem do 5S é japonesa, começou na década de 50, com a liderança de Ishikawa, programa criado para combater a sujeira das fábricas. Nesse período faltava tudo no Japão e por esse motivo combater desperdícios e criar cultura para isso era estratégico e necessário, e como se parecia com a estratégia doméstica já existente essa técnica ficou conhecida como “housekeeping”.

A implantação desse programa é imprescindível quando queremos implantar a filosofia do Lean Manufacturing, sendo a base da conceituação dos desperdícios e o início da criação da cultura para “ver” esse desperdício.

Assim como o Lean essa filosofia é focada em “valor”, e esse “valor” é medido em indicadores ligados a tempo, recurso caro e sem reposição.


“Valor” significa uma transformação ou organização de uma matéria prima ou de uma informação na necessidade do cliente.

A essência verdadeira do programa do 5S é:

“Mudar atitudes e comportamentos e com isso eliminar desperdícios”


O programa visa um processo de educação ( aqui existe a necessidade de uma boa liderança ) para a eliminação de desperdícios no seu local de trabalho, gerando uma mudança comportamental e cultural nas pessoas da organização, com o objetivo de um convívio harmonioso e organizado.

É um processo de mudanças que tem como princípio a eliminação dos problemas na origem, não a eliminação dos efeitos. Não se trata de limpar sempre, mas evitar que se suje, por exemplo.

O programa se inicia com uma faxina e todo o programa possui três dimensões ( a faxina deve ser exercitada nas 3 dimensões ):

- física: essa é aquela ligada ás coisas matérias, aos objetos que estão ao nosso redor;

- intelectual: (processos) – ligada aos métodos utilizados para executar as tarefas e ou a tecnologia utilizada;

- comportamental: ligada as atitudes, a maneira como nos comportamos perante as diferentes situações do nosso dia a dia.

Como podemos perceber a parte física é a mais fácil de ensinar e exercitar, mas é importante que as 3 dimensões sejam compreendidas e que todas sejam trabalhadas. 

O programa é formado de 5 passos, 5 sensos, sendo que os 3 primeiros focados no fator físico e intelectual, e os últimos 2 principalmente no comportamental. É um programa pelo qual se realiza a “educação da vontade”.




A Inteligência mostra o caminho, a disciplina educa e a vontade faz o homem caminhar e é ai que está o “valor” sendo utilizado no sentindo amplo de sua significação.

Nós vivemos no País do desperdício... desperdiçamos alimentos, materiais, recursos naturais, obras (inacabadas, mal cuidadas, abandonadas) e talentos.

Eu acredito que a cultura do desperdício tem seus dias contados entre nós e que a aplicação desse programa, com regras simples e intuitivas podem trazer redução de custos, maior produtividade, uma cultura voltada para o todo e muitas outras vantagens para as organizações e para nossa nação.

... e fico aqui na torcida para que as mudanças aconteçam rapidinho :)!

Abraço

( esse texto foi postado também no Blog ti2h.blogspot.com.br em 27/01/2015 )


Nenhum comentário:

Postar um comentário